Destaque, marketing

5 passos para criar sua identidade visual

Identidade visual é o conjunto de elementos gráficos que representam uma marca, ou seja, um conceito, um produto ou serviço.

Bailarinas também têm – ou, pelo menos, deveriam ter – uma identidade visual própria.

Não é só uma logo, mas sim todos aqueles elementos visuais que fazem com que suas divulgações sejam facilmente reconhecidas quando estamos rolando a linha do tempo no Facebook e em todas as outras mídias sociais. Esses elementos devem ser aplicados em todo o seu material de comunicação e divulgação – cartão de visitas, banners, site, enfim, tudo aquilo que carrega o seu conceito.

Quer um exemplo? As revistas tem um jeito estabelecido de dispor os textos nas páginas, com as mesmas letras (fontes), cores e diagramação. Juntos, esses itens compõem a identidade visual de cada revista – e faz com que você não as confunda.

Nós poderíamos escrever uma revista inteira de bons motivos para te convencer da importância de estabelecer uma identidade visual para sua bailarina. A identidade é fundamental para atrair o público certo para o seu trabalho – evitando perda de tempo e dinheiro com divulgação pouco eficiente. E tem mais:

  • Serve para demonstrar visualmente o seu diferencial de mercado;
  • É fundamental na consolidação do seu posicionamento, quem você é, o que você oferece e que tipo de dança você faz;
  • Fixar a sua marca na mente e no coração de quem admira o seu trabalho.

Tudo isso ajuda a fortalecer a sua marca e estreitar os laços com os seus fãs, que formam o público fiel ao seu trabalho.

Então, siga nosso checklist de criação de uma identidade visual. Essas dicas servem para você criar a sua marca ou ainda rever a forma como você tem trabalhado a sua marca perante ao mercado. É claro que um profissional capacitado pode te ajudar muito, mas é fundamental que você saiba esses conceitos – até para avaliar se a pessoa responsável pela sua divulgação tem feito um trabalho coerente.

Esse é não é um trabalho simples, mas é extremamente divertido. E se você sentir falta de inspiração, busque as suas referências. Veja as páginas de bailarinas nacionais e internacionais e procure localizar os itens da identidade visual dessas profissionais. Observe tudo aquilo que te chama a atenção e tente identificar o motivo pelo qual esses itens saltaram aos olhos.

Inspire-se, mas não copie! Lembre-se que artistas são profissionais criativos e, por isso, não tem nada que pode prejudicar mais a sua imagem que copiar ideias de terceiros. Busque referências mas lembre-se que, se você é uma bailarina única, a sua identidade visual também deve ser!

Aproveite e veja as identidades visuais que criamos em nosso portifólio: http://www.endance.com.br/portfolio/

Leave a Reply