Eu estou pronta para empreender?

Se você é bailarina, ama a Dança e sonha em ter uma escola para chamar de sua, ensinar e passar para outras pessoas o seu amor por dançar, muito provavelmente você já se fez essas perguntas: Eu não sei nada sobre montar uma escola / um negócio. Eu tenho medo de falhar / eu tenho medo de ser muito complicado. Não sei se vou conseguir me organizar. Eu nem sei por onde começar a planejar para abrir minha escola / iniciar meu projeto empreendedor.   O medo é normal, e até necessário! Ele nos faz parar para pensar antes de agir. Esta é a proposta deste post: vamos refletir um pouco antes de ir para a ação?   Checklist: o que preciso saber antes de empreender minha escola de dança / meu projeto com dança   1. Saiba qual é o seu propósito Por que você quer trabalhar com Dança? Qual é a contribuição especial que você quer deixar para o mundo? Saber quem você é, com qualidades e defeitos, é essencial para montar um negócio de sucesso e de acordo com os seus valores e talentos. Para descobrir o seu propósito, assista ao minicurso gratuito Start, clique no link: http://ensino.contato.site/video-recompensa   2. Tenha um modelo do seu negócio Ele é um “desenho” de como a sua escola vai funcionar, para você ter uma visão geral do seu negócio: quais serão as fontes de renda? Quais serão os gastos? Quem é o público e como vai falar com ele? O modelo responde a essas e outras perguntas, e mostra como tudo está interligado. No nosso Curso Start, nós te ensinamos a criar seu modelo de negócio de um jeito fácil e dentro das necessidades do mercado de dança. Você sabia que pode realizar o curso presencialmente, aqui em São Paulo, e também online? Saiba tudo sobre o Start aqui: http://ensino.endance.com.br/   3. Você precisa fazer o Marketing e Divulgação do seu negócio É fundamental ter noções básicas de divulgação e marketing, para saber como expor a imagem da sua escola e conquistar alunos. Esse ponto é vital para o sucesso do seu negócio: você pode ser uma grande bailarina e estar fazendo um trabalho excelente – se ninguém souber disso, o resultado financeiro não virá. Aprenda a como criar divulgações e usar as principais mídias sociais como Facebook, Instagram e Youtube – aprenda também a usar as campanhas pagas dessas ferramentas. Tenha um site funcional (e não somente bonito), posicione-o na busca do Google. Se você não tem interesse em aprender a fazer tudo isso, busque ajuda profissional. Aqui no nosso blog, escrevemos sobre marketing para quem dança. Continue acompanhando nossos conteúdos! Você sabia que pode contratar nossos serviços? Sim, Endance também é Agência de Comunicação focada no Mercado de Dança. Conheça nosso portifólio, veja quem são as bailarinas e escolas que contam com a nossa ajuda, clique abaixo: Portifólio   4. Planejamento e Organização Mesmo que você não seja organizada, nem nunca trabalhou com planejamento, é possível aprender! E é possível você adquirir novos e bons hábitos em seu cotidiano. Use e abuse de planejadores, quadros, painéis, post-its e tudo o que for possível – organização é uma condição fundamental para quem quer estar à frente de um negócio de sucesso. Escreva suas metas de curto, médio e longo prazo, anote também suas principais estratégias para chegar lá e registre todos os seus checkpoints. Escreva tudo – metas que só ficam na cabeça não se concretizam. Nossa sugestão para você começar a se organizar é baixar gratuitamente o Planner 2017, que criamos especialmente para quem dança. Baixe o arquivo, imprima e tenha um ano muito produtivo! http://agencia.endance.com.br/planner-2017   5. Finanças Controle é uma das ferramentas mais poderosas de qualquer empreendedor – e para você não é diferente. Você precisa aprender a fazer um fluxo de caixa simples, para conhecer exatamente suas receitas, despesas, datas de vencimento e todas as informações tão fundamentais para seu sucesso financeiro. Aqui no blog você também vai ver conteúdos sobre finanças para quem dança. Comece lendo este artigo: 3 dicas para toda bailarina cuidar bem do próprio dinheiro