comportamento

Tentar novamente

 A vida é cheia de tentativas incríveis!

Quando damos uma segunda chance (ou terceira, quarta…) a um sonho, a um relacionamento, a um estilo de dança, estamos nos abrindo a novas possibilidades, novos resultados, pois estamos com um novo olhar sobre a situação ou pessoa. Pode dar certo, como pode dar errado. Daí bate aquela ansiedade: tento novamente ou desisto de vez?

Insistir ou não em algo, como tomar essa decisão? Meu palpite é que, antes disso, você dê uma arrumadinha em sua casa interna: seus sentimentos e pensamentos. Alô, tem alguém aí?

Para mudar de atitude, para finalmente ter resultados diferentes, é preciso antes compreender por que os resultados estão saindo iguais. Por que esse disco toca sempre a mesma música?

Repetir um padrão, além de cansativo, nos enfraquece. Mas o medo da mudança, do desconhecido, faz com que algumas pessoas prefiram ficar dentro deste padrão – é o já conhecido, mesmo que dolorido.

Acredito que enfrentar esse medo e abrir espaço para o novo entrar é um ato de coragem e de permitir ter uma vida com mais fluidez. Afinal, estamos em constante mudança – ainda bem!

Somos feitos das mudanças que nos permitimos viver – e daquelas que aconteceram e não estavam em nosso controle (o que está em nosso controle?).

Há que se reconhecer o momento de abandonar o barco, quando as ações já não fazem mais sentido, pois suas prioridades mudaram e sua atenção está indo para novas direções. Novamente você fará uso do autoconhecimento para esta análise. Pergunte-se: o que eu posso hoje? O que eu quero hoje?

Você pode contar com a preciosa ajuda de um terapeuta, de familiares ou amigos próximos, mas só você tem a chave para a decisão final. Assuma seus riscos, para então usufruir das boas e novas oportunidades da vida!


Leave a Reply